Uma bgirl dançando o jogo da vida na periferia.

FICHA DESCRITIVA DO DOCUMENTO 

AUTOR:  Bruno Henrique Silva de Castilhos

TIPO: Trabalho de conclusão de graduação

DATA DE PUBLICAÇÃO: 2016

INSTITUIÇÃO OU PROJETO RESPONSÁVEL:  UFRGS

DESCRIÇÃO BREVE / RESUMO DO DOCUMENTO: O presente trabalho expõe o estudo de caso feito a partir da uma entrevista semi-estruturada com uma bgril, moradora de um bairro de periferia de Porto Alegre/RS. Problematizando as juventudes nas periferias e a atuação feminina no hip hop. O objetivo desse trabalho é problematizar a participação feminina no movimento do hip hop, a partir do relato de vida da uma bgirl, narrado por ela mesma. Os teóricos que embasam este trabalho são Dayrell, Carrano, Colombo, Martuccelli, Weller, dentre outros. As formas de atuação feminina são muitas vezes imbricadas por dificuldades, ora relativos à entrada da mulher no mercado de trabalho, casamento, maternidade; ora por preconceito dos rapazes, da mídia e da sociedade sobre tal atuação. Concluo que precisamos de mais políticas públicas de incentivo à atuação igualitária da mulher no movimento do hip hop.

CONTATO: lume@ufrgs.br

PALAVRAS CHAVE: Dança, Mulheres, Periferia.

ARQUIVO DE ACESSO  GRATUITO;                                                   

(x) SIM   ( ) NÃO

FONTE:http://hdl.handle.net/10183/153086                           

AUTORIZAÇÃO DE IMAGENS E DE USO;

(x)Acesso Gratuito/ Internet    ( ) Doc. Impresso  ( ) Doc. Online

CESSÃO DE DIREITOS DE USO;

(x) Acesso Gratuito/ internet ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

REGISTRO DE DOAÇÃO DE ENTREVISTA;

(x) Acesso Gratuito/ internet  ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

DATA DE AQUISIÇÃO PELO OBSERVATÓRIO: 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *