“Tinga teu povo te ama”: Estudo antropológico junto aos moradores do bairro Restinga em Porto Alegre (RS)

FICHA DESCRITIVA DO DOCUMENTO 

AUTOR: Vanessa Zamboni 

TIPO: Artigo de periódico

DATA DE PUBLICAÇÃO: 2013

INSTITUIÇÃO OU PROJETO RESPONSÁVEL:  UFRGS

DESCRIÇÃO BREVE / RESUMO DO DOCUMENTO:

Esta monografia resulta de um exercício etnográfico sobre a temática do viver urbano no cotidiano de um bairro em Porto  Alegre/RS. Trata da experiência dos habitantes da cidade frente a dinâmica  urbana que envolve processos de desenraizamento em suas trajetórias familiares e construções dos laços de pertença, fenômenos estes envolvidos na formação e proliferação de novos bairros. 

A partir de uma etnografia realizada no Bairro Restinga em Porto Alegre/RS, no período de Janeiro de 2005 a Junho de 2006, com o objetivo de investigação, conhecer quem são esses moradores, ou seja, de onde eles vem? Do campo ou da cidade? Existem projetos que orientam suas trajetórias?  Como é seu cotidiano nesses novos bairros? Quais as referências e os símbolos  mais representativos do seu ethos Cultural?

CONTATO: lume@ufrgs.br

PALAVRAS CHAVE: Educação, Comunidade, Antropologia urbana.

ARQUIVO DE ACESSO  GRATUITO;                                                     

(x) SIM   ( ) NÃO

FONTE:http://hdl.handle.net/10183/30155                                              

AUTORIZAÇÃO DE IMAGENS E DE USO;

(x)Acesso Gratuito/ Internet    ( ) Doc. Impresso  ( ) Doc. Online

CESSÃO DE DIREITOS DE USO;

(x) Acesso Gratuito/ internet ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

REGISTRO DE DOAÇÃO DE ENTREVISTA;

(x) Acesso Gratuito/ internet  ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

DATA DE AQUISIÇÃO PELO OBSERVATÓRIO: 12/09/2019

Genocídio da juventude negra: de Fanon à lei 10639/03 estratégias de construção das identidades negras como ferramenta de resistência (Bairro Restinga – Porto Alegre – RS, 2010-2018)

FICHA DESCRITIVA DO DOCUMENTO 

AUTOR: Cristiane Silveira dos Santos           

TIPO: Dissertação de Mestrado

DATA DE PUBLICAÇÃO: 2019.

INSTITUIÇÃO OU PROJETO RESPONSÁVEL:  PUCRS

DESCRIÇÃO BREVE / RESUMO DO DOCUMENTO:

O presente trabalho inicia sua caminhada com uma pesquisa quantitativa sobre a morte de jovens negros nos cenários nacional, estadual, municipal, e também, no bairro Restinga. Fica claro que a quantidade de mortes de jovens no país é significativa e que se mata de forma desigual negros e não negros. O pensador martinicano Franz Fanon, com suas ideias sobre racismo e colonialismo, permeia todas as análises feitas diante dos índices encontrados e da realidade racial do país. Buscamos analisar e compreender o falso mito da igualdade racial, a trajetória pós-abolição dos negros no Brasil, e a situação das juventudes negras no cenário atual. Uma vez que chamamos as mortes encontradas de genocídio de jovens negros, debruçamo-nos sobre a definição de genocídio, apoiados por pensadores como Martin Buber, e sobre a compreensão das juventudes, tema no qual Rossana Reguillo foi uma inspiração.

CONTATO: biblioteca.suporte@pucrs.br

PALAVRAS CHAVE: Sociologia Educacional, Negros, Brasil, Educação, Identidade Cultural.

ARQUIVO DE ACESSO  GRATUITO;                                                     

(x) SIM   ( ) NÃO

FONTE: http://hdl.handle.net/10923/15037                                            

AUTORIZAÇÃO DE IMAGENS E DE USO;

(x)Acesso Gratuito/ Internet    ( ) Doc. Impresso  ( ) Doc. Online

CESSÃO DE DIREITOS DE USO;

(x) Acesso Gratuito/ internet ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

REGISTRO DE DOAÇÃO DE ENTREVISTA;

(x) Acesso Gratuito/ internet  ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

DATA DE AQUISIÇÃO PELO OBSERVATÓRIO: 11/09/2019

Jovens de grupo pastoral da juventude no bairro Restinga de Porto Alegre – RS: Identidades e saberes.

FICHA DESCRITIVA DO DOCUMENTO 

AUTOR: Marícia da Silva Ferri                     

TIPO: Dissertação de Mestrado

DATA DE PUBLICAÇÃO: 2006.

INSTITUIÇÃO OU PROJETO RESPONSÁVEL:  PUCRS

DESCRIÇÃO BREVE / RESUMO DO DOCUMENTO:

O presente estudo tem como tema de investigação a trajetória da entidade carnavalesca Sociedade Recreativa e Beneficente Estado Maior da Restinga entre 1977 e 2002, seu papel na construção da identidade e visibilidade do bairro Restinga. Para tanto, analiso os processos de segregação espacial na cidade de Porto Alegre e as políticas públicas de habitação. Além disto, traço um panorama geral a partir de uma revisão bibliográfica que trata transformações do carnaval em Porto Alegre. O processo de fundação da escola de samba, bem como sua estruturação e consolidação, a partir das entrevistas junto aos membros da comunidade e componentes da escola, e de matérias publicadas em jornais da época. 

CONTATO: biblioteca.suporte@pucrs.br

PALAVRAS CHAVE: Religião, Juventude, Vida Religiosa, Jovens, Educação.

ARQUIVO DE ACESSO  GRATUITO;                                                     

(x) SIM   ( ) NÃO

FONTE:http://hdl.handle.net/10923/2816                                                    

AUTORIZAÇÃO DE IMAGENS E DE USO;

(x)Acesso Gratuito/ Internet    ( ) Doc. Impresso  ( ) Doc. Online

CESSÃO DE DIREITOS DE USO;

(x) Acesso Gratuito/ internet ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

REGISTRO DE DOAÇÃO DE ENTREVISTA;

(x) Acesso Gratuito/ internet  ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

DATA DE AQUISIÇÃO PELO OBSERVATÓRIO: 11/09/2019

Do topo aos horizontes possíveis: Ação artística e aprendizagem inventiva no ensino de teatro

FICHA DESCRITIVA DO DOCUMENTO 

AUTOR: Mateus Gonçalves

TIPO: Dissertação

DATA DE PUBLICAÇÃO: 2009

INSTITUIÇÃO OU PROJETO RESPONSÁVEL:  UFRGS

DESCRIÇÃO BREVE / RESUMO DO DOCUMENTO:

Esta dissertação é uma viagem até o projeto social Vila Restinga Olímpica, na zona sul da capital gaúcha, onde por três anos e meio trabalhei como coordenador da área de Arte e desenvolvi atividades que foram transformadoras de minha relação com o ensino de teatro. Parto de experiências anteriores como professor de teatro no grupo Teatro Geração Bugiganga (TGB) e em escolas do município de Esteio na região metropolitana de Porto Alegre, em que aspectos do Teatro do Oprimido (TO) de Augusto Boal e da Pedagogia do Oprimido (PO) de Paulo Freire estiveram presentes. Busco relacionar o pensamento destes autores com os conceitos de ação artística e aprendizagem inventiva, trazidos por Teixeira Coelho e Virgínia Kastrup, respectivamente, e entender como os participantes deste projeto social realizaram suas aprendizagens teatrais.

CONTATO: lume@ufrgs.br

PALAVRAS CHAVE: Ação artística, Arte, Educação, Criatividade, Fluxo da consciência, Teatro, Ensino.

ARQUIVO DE ACESSO  GRATUITO;                                    

(x) SIM ( ) NÃO

FONTE:http://hdl.handle.net/10183/17684                    

AUTORIZAÇÃO DE IMAGENS E DE USO;

(x)Acesso Gratuito/ Internet    ( ) Doc. Impresso  ( ) Doc. Online

CESSÃO DE DIREITOS DE USO;

(x) Acesso Gratuito/ internet ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

REGISTRO DE DOAÇÃO DE ENTREVISTA;

(x) Acesso Gratuito/ internet  ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

DATA DE AQUISIÇÃO PELO OBSERVATÓRIO: 2019

A arte-educação na comunidade Restinga: Andanças e mudanças

FICHA DESCRITIVA DO DOCUMENTO 

AUTOR: Raquel Verginia Rodrigues Orio  

TIPO: Trabalho de conclusão de graduação

DATA DE PUBLICAÇÃO: 2013

INSTITUIÇÃO OU PROJETO RESPONSÁVEL:  UFRGS

DESCRIÇÃO BREVE / RESUMO DO DOCUMENTO:

O trabalho aborda a arte-educação baseada na comunidade. Os motivos do trabalho, objetivos e desafios são tratados na Introdução bem como a ligação da autora com a Restinga, bairro localizado na periferia de Porto Alegre. Os escritos são uma análise reflexiva do desenvolvimento do projeto de estágio, parte obrigatória para Licenciatura em Artes Visuais na UFRGS. Inicia com uma retomada histórica do surgimento da Restinga, resgata a remoção dos primeiros moradores do centro para o bairro e como foi seu desenvolvimento desde então, até os dias atuais, aponta as formações de identidade presentes a partir da história de formação. Apresenta a escola onde foi realizado o estágio, apontando as andanças realizadas.

CONTATO: lume@ufrgs.br

PALAVRAS CHAVE: Arte, Educação, Comunidade.

ARQUIVO DE ACESSO  GRATUITO;                                                     

(x) SIM   ( ) NÃO

FONTE:http://hdl.handle.net/10183/97665                                                

AUTORIZAÇÃO DE IMAGENS E DE USO;

(x)Acesso Gratuito/ Internet    ( ) Doc. Impresso  ( ) Doc. Online

CESSÃO DE DIREITOS DE USO;

(x) Acesso Gratuito/ internet ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

REGISTRO DE DOAÇÃO DE ENTREVISTA;

(x) Acesso Gratuito/ internet  ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

DATA DE AQUISIÇÃO PELO OBSERVATÓRIO: 12/09/2019

Projeto meninas crespas – da África a Restinga: Uma proposta de educação afrocentrada pela dança

FICHA DESCRITIVA DO DOCUMENTO 

AUTOR:Perla da Silva dos Santos

TIPO: Trabalho de conclusão de graduação

DATA DE PUBLICAÇÃO: 2018

INSTITUIÇÃO OU PROJETO RESPONSÁVEL:  UFRGS

DESCRIÇÃO BREVE / RESUMO DO DOCUMENTO:

Tendo como ponto de partida as leis 10.639 e 11.645, esta pesquisa aborda a utilização da dança afro como uma possibilidade de educação Afrocentrada, através de performances que dialogam com o tema. Este estudo tem viés artístico e também político, pois problematiza, através das ações do Projeto Meninas Crespas, a importância do ensino da Cultura negra, como também a marginalização da mesma. Tem então por objetivo descrever e analisar a metodologia desenvolvida no Projeto Meninas Crespas, no bairro Restinga. O projeto estrutura-se a partir de uma tríade norteadora: sagrado, ancestralidade e atualidade negra. Tem com fundamento dos processos pedagógicos da Educação Afrocentrica três importantes referências: Malefi Asante, Renato Nogueira e Stuart Hall. Como base para pensar a dança, seguiremos as contribuições de Mercedes Baptista e Clyde Morgane.

CONTATO: lume@ufrgs.br

PALAVRAS CHAVE: Dança afro-brasileira, Educação, Projeto pedagógico.

ARQUIVO DE ACESSO  GRATUITO;                                                 

(x) SIM  ( ) NÃO

FONTE:http://hdl.handle.net/10183/194010                     

AUTORIZAÇÃO DE IMAGENS E DE USO;

(x)Acesso Gratuito/ Internet    ( ) Doc. Impresso  ( ) Doc. Online

CESSÃO DE DIREITOS DE USO;

(x) Acesso Gratuito/ internet ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

REGISTRO DE DOAÇÃO DE ENTREVISTA;

(x) Acesso Gratuito/ internet  ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

DATA DE AQUISIÇÃO PELO OBSERVATÓRIO: 2019

!

AUTOR: Caren Rejane De Freitas Fontella     

TIPO: Tese de Doutorado

DATA DE PUBLICAÇÃO: 2019.

INSTITUIÇÃO OU PROJETO RESPONSÁVEL:  PUCRS

DESCRIÇÃO BREVE / RESUMO DO DOCUMENTO:

A pesquisa apresentada analisa as trajetórias educacionais de mulheres egressas da educação profissional de jovens e adultos do Curso Técnico em Recursos Humanos do Campus Restinga/IFRS no período compreendido entre 2012 e 2016, pautando-se nos estudos de gênero em acordo com a perspectiva do feminismo marxista. Buscamos responder ao seguinte problema de pesquisa: Como, e em que medida, as relações sociais de gênero e o papel social reproduzido pelas mulheres na sociedade atual influenciam nas trajetórias escolares de egressas da educação profissional de jovens e adultos do campus Restinga?A metodologia utilizada seguiu o paradigma dos estudos qualitativos, do tipo estudo de caso.  

CONTATO: biblioteca.suporte@pucrs.br

PALAVRAS CHAVE: Mulheres, Aspectos Sociais, Educação.

ARQUIVO DE ACESSO  GRATUITO;                                                   

(x) SIM   ( ) NÃO

FONTE:http://hdl.handle.net/10923/15351                                                  

AUTORIZAÇÃO DE IMAGENS E DE USO;

(x)Acesso Gratuito/ Internet    ( ) Doc. Impresso  ( ) Doc. Online

CESSÃO DE DIREITOS DE USO;

(x) Acesso Gratuito/ internet ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

REGISTRO DE DOAÇÃO DE ENTREVISTA;

(x) Acesso Gratuito/ internet  ( ) Doc. Impresso ( ) Doc. Online

DATA DE AQUISIÇÃO PELO OBSERVATÓRIO: 11/09/2019